Customize

Green Brief nº 57 em português (17 de Agosto – 26 Mordad) - resumo

Discussion in 'Green Brief' started by mahagonny, Aug 18, 2009.

  1. mahagonny Member

    (tradução portuguesa resumida do Green Brief #57, por NiteOwl aka Josh Sharyar; o original encontra-se aqui)

    Eu sou o NiteOwl aka Josh Shahryar – twitter.com/iran_translator no twitter. Sou um jornalista e um activista dos direitos humanos e NÃO SOU iraniano. Esta é uma compilação de notícias do Irão que reuni através do twitter e de sites iranianos anunciados no twitter. Lembrem-se, tudo isto provém de tweets. (O meu trabalho é publicado sob licença Creative Commons (CC).)

    Estes são os acontecimentos mais importantes de segunda-feira 17 de Agosto – 26 Mordad que consigo absolutamente confirmar.

    Em alemão: Irannews: Green Brief #57 (17. August 2009) - Deutsch


    Manifestações / Protestos / Agitação

    1. Muitas forças de segurança estiveram ao longo do dia na vizinhança das instalações do jornal Etemaade Melli, perto da Ponte Karim Khan, em antecipação da manifestação planeada de apoio a Karroubi. Também foram vistos agentes à paisana com máscaras verdes.

    2. Centenas de pessoas, na maioria mulheres, tentaram concentrar-se em frente às instalações do Etemaade Melli. Houve cânticos de “Allah u’Akbar”, “Nobre povo do Irão, apoiem-nos!”, “Abaixo o governo impostor” e “Morte ao Ditador” e sinais de vitória.

    3. As forças de segurança usaram violência sobre os manifestantes. Junto com basijis em motas, afastaram os manifestantes do portão principal e forçaram muitos na direcção da Praça Valiasr. Muitos pararam a meio caminho e voltaram a entoar cânticos.

    4. Para além de usarem de grande violência, por exemplo com cassetetes, as forças de segurança também usaram cameramen para identificar os manifestantes. Também há relatos parcialmente confirmados de utilização de gás lacrimogéneo. Está confirmada a detenção de pelo menos 12 pessoas.

    5. Muitos familiars de manifestantes mortos e de presos políticos juntaram-se no Parque Laleh e efectuaram uma pequena manifestação.

    6. 65 detidos em Evin estão em greve de fome por período indefinido. Há indícios de estarem na 7ª secção de quarentena da prisão. Não foi possível obter nomes.

    7. Nota: Tem havido notícias cobertas pelos media internacionais que não têm aparecido nos Green Briefs, como por exemplo a detenção de pessoas que cantam Allah u’Akbar nos telhados. Estas notícias já foram cobertas nos Briefs ao longo de semanas, e seria repetitivo colocá-las em todos os Green Brief. No entanto, continuo a escrevê-las de tempos a tempos.
    A única secção repetida em todos os Briefs são os “anúncios” na secção de Protestos Internacionais.


    Oposição

    8. O filho de Karroubi confirmou que o Etemaad Melli foi banido devido à resposta de Karroubi às críticas a ele dirigidas pelo governo, media estatais e ala dura do regime.

    9. O antigo presidente Khatami disse a antigos deputados que os verdadeiros protectores da República Islâmica não eram os que “mostraram nos últimos meses que estão a derrubar a república e a natureza islâmica do regime, mas os reformistas que estavam a lutar pela estabilidade do regime”. Também criticou a anarquia que se seguiu às eleições e os que violaram a lei ao lidar com manifestantes pacíficos.


    Governo / Internacional

    10. A tomada de posse de Sadegh Larijani como líder do Poder Judicial do Irão foi hoje em Teerão, com a presença entre outros de Hashemi Rafsanjani, Mahmoud Ahmadinejad, Ali Larijani, Ahmad Jannati e Mohsen Rezaie.

    11. No seu discurso, Sadegh Larijani disse que “Ninguém deve ousar agir contra a lei, violar o direito do povo ou retirar-lhes a sua segurança e paz de espírito”. Deu a entender que os que tinham violado a lei e os direitos do povo seriam trazidos perante a justiça.
    A reportagem da Press TV sobre o evento acrescenta, [O novo chefe do Poder Judicial admitiu que o sistema judicial iraniano tem sofrido de vários estrangulamentos, que serão analisados em breve.]

    12. Durante a cerimónia, Ahmadinejad e Rafsanjani aparentemente trocaram algumas palavras.
    No seu discurso, Ahmadinejad elogiou Sadegh Larijani e criticou os que se agarram ao poder e aos ricos, sinal do seu ataque a Rafsanjani.
    Relatos parcialmente confirmados sugerem que Nategh Nouri abandonou a cerimónia assim que Ahmadinejad se levantou para discursar.

    13. No seu discuros, Rafsanjani avisou o governo das consequências de veredictos injustos para os réus de julgamentos recentes e acrescentou que o tratamento justo de detidos iria aumentar a confiança entre o povo iraniano.

    14. Notícias parcialmente confirmadas de duas fontes indicam que Larijani planeia substituir o Procurador-Geral, Saeed Mortazavi, que tem sido acusado de ser um dos principais responsáveis por actos de tortura e maus tratos de detidos.

    15. Há indicações de que Ali Akbar Mehrabian, indicado para novo Ministro da Indústria e Minas, e Fatemeh Ajorlou, indicado para novo Ministro do Bem-Estar e Segurança Social, enfrentaram dificuldades no parlamento devido a terem no passado comparecido em tribunal.

    16. O Chefe Conjunto de Gabinete do Irão, Fairouzabad, publicou uma carta a 12 de Agosto endereçada ao Imam Oculto – o 12º Imam xiita, que desapareceu há séculos e supostamente aparecerá no fim dos tempos – a qual apelidava os manifestantes de violentos e elogiava os basiji pelas suas acções.
    Texto integral em inglês: MEMRI: Latest News

    (continua abaixo)
  2. mahagonny Member

    Green Brief nº 57 em português (13 de Agosto – 22 Mordad) - resumo (cont.)

    (continuação)

    17. Khamenei nomeou Hashemi Shahroudi, o ex-chefe do Poder Judicial, para o Conselho de Expeditos e para o Conselho de Guardiães.

    18. O presidente francês, Nicolas Sarkozy, pediu ao Irão para retirar todas as acusações contra Clotilde Reiss.

    19. A União Europeia de Estudantes divulgou ontem uma carta condenando o governo iraniano pelos ataques a residências estudantis.

    20. Há relatos de que o rei Abdullah da Jordânia enviou uma carta de felicitações a Ahmadinejad pela sua eleição.


    Detenções / Libertações / Mortes

    21. Foi confirmada a morte de Hossien Beg Arahi, de 22 anos, morto a 20 de Junho por uma bala directa ao coração na Avenida Enghelab, supostamente por um agente à paisana quando Arahi regressava a casa.
    O seu corpo foi entregue à família 5 dias depois de esta ter pago uma soma avultada.
    Foto: http://hra-iran.net/images/phocagall...beyg-iraqi.jpg


    22. Hedayat Aghaie terá confessado, dizendo que teve responsabilidade nos protestos.

    23. Hasan Souri, um reformista de Borujerd, foi preso e lavado para o Bloco Tircheh do centro de detenção de Borujerd. Há também relatos da detenção de um clérigo reputado de Qom, que detém muitas posições académicas e que foi o gestor do ramo da campanha de Mousavi para os clérigos.

    24. Boas notícias: Amir Mohsen Mohammadi, Kaveh Mozaffari, o Dr. Hosseinali Arab e Ali Asghar Khodayari foram libertados de Evin.


    Media

    25. A Press TV quebrou outra barreira e deu mostras de um pouco de jornalismo sério, dando voz às declarações de Hamid Resaie de que com o controverso julgamento de manifestantes que estão a ter lugar já não é necessário tolerar ou lidar com os líderes dos protestos.
    Até agora, é o único jornal público que aceitou que os julgamentos são controversos.
    Link (inglês): Ahmadinejad wants certain power-holders in court

    26. Os sites Reja e Iran Daily publicaram um artigo conjunto pedindo que o Ayatollah Sane’ie seja vergastado por insultar Mahmoud Ahmadinejad no final de um discurso e por acusar o governo de torturar detidos. O artigo também insulta várias vezes Sane’ie, chamando-o de “caluniador”, “pecador” e “lascivo”.
    O Iran Daily é considerado o porta-voz de Ahmadinejad.

    27. O governo baniu o Aftaabe Yazd e o Sarmayeh, jornais que também publicaram a carta de Karroubi.

    28. Oficiais de Justiça vão supostamente encontrar-se com o editor-chefe do Etemaade Melli para discutir os assuntos que levaram o jornal a ser temporariamente banido.


    Vários

    29. Imagens de graffitis Verdes no Irão: Untitled.jpg (image)


    Manifestações e protestos internacionais / Eventos

    30. LEIAM ISTO PARA A VOSSA SEGURANÇA: Safeguard Your Personal Info and Your Finances! - Why We Protest - IRAN (em inglês)

    31. Para uma lista não oficial de manifestações a realizar-se nos Estados Unidos (em inglês): Protesting for Iran until they don't have to

    32. Para uma lista dos protestos que estão a ser planeados na Alemanha, por favor visitem este link: Julia's Blog: Protests and rallies in Germany (subject to change w/o notice) (inglês e alemão) (Cortesia de @jkshalamani)

    33. Um site assertivo para ajudar Verdes traumatizados: Healing the Green Soul

    (Se vocês, os vossos amigos ou a vossa organização realizarem eventos, manifestações ou qualquer outra coisa relacionada com as eleições iranianas internacionalmente, por favor enviem-me um email com pormenores e dar-vos-ei cobertura. (Só vos custará 10 milhões de dólares!) O meu email é: dbosca@gmail.com


    A quem quer ajudar

    - Informação sobre a republicação do Green Brief (em inglês): For Bloggers, News Sites and Forum who want to republish the Green Brief Plesae Read! - Why We Protest - IRAN

    - Informação sobre o Tor: Tor Browser Bundle

    - Esta página contém uma lista de mirrors externos para o GB, tal como várias informações sobre o GB. Links para traduções também são encorajados: Category:Green Brief - Anonymous Intelligence Collective

    - Uma lista de todos os Green Briefs: The Green Briefs

    - Um agradecimento caloroso a Sahar Joon e S joon pela ajuda com a revisão e dicas valiosas. Também um MUITO OBRIGADO a todos os tradutores que têm passado o seu tempo precioso a fazer chegar isto a tantas pessoas quanto possível.

Share This Page

Customize Theme Colors

Close

Choose a color via Color picker or click the predefined style names!

Primary Color :

Secondary Color :
Predefined Skins